Portugal precisa de 400 camas de cuidados intensivos para atingir a média europeia

Portugal precisa de quase 400 camas de cuidados intensivos para atingir a média da União Europeia, de 11,5 camas por 100 mil habitantes, revela a ministra da Saúde.

Marta Temido Lembra que, desde 2010, o País tinha 4,2 camas por 100 mil habitantes, um número que, “entretanto, melhorou e que estava já em 5,66 no final de Dezembro de 2019”.

Já em Abril, esse número subiu para as 7,39 camas de Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente de adultos, adianta ainda a governante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *