132 mil baixas a mais em 2019 do que em 2018

O número de beneficiários de subsídios de doença continua a aumentar desde 2014, e só no ano passado registaram-se 132 mil baixas a mais do que em 2018.
Em 2019, foram registados 1,8 milhões de certificados médicos de incapacidade para o trabalho, o número mais alto desde que começaram os registos, há 19 anos.
A Confederação Empresarial de Portugal pede mais fiscalização à Segurança Social e “atenção redobrada aos médicos”, afirmando que “há indícios de práticas abusivas” com baixas fraudulentas.
Já o gabinete do Secretário de Estado da Segurança Social explica que o aumento nas baixas médicas “é influenciado pelo aumento do emprego”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *