Alunos da Portela marcham contra o amianto 

Centenas de alunos, pais e professores do Agrupamento de Escolas de Portela e Moscavide marcharam contra o amianto esta quinta-feira (dia 10), protesto que culminou num ‘cordão humano’ em redor de do Centro Comercial da Portela. 

 A iniciativa partiu de um grupo de alunos – designado  “ESPeloClima” – que tem como objetivo combater as alterações climáticas e preservar o meio ambiente e o Planeta, em parceria com os professores de ambas as escolas e com o Movimento Escolas Sem Amianto, que exige a sua remoção dos estabelecimentos escolares.  

Segundo Afonso Gageiro – aluno do 11.º ano da Escola Secundária da Portela e um dos fundadores do “ESPeloClima” -, esta marcha pretende “alertar para a necessidade urgente da remoção do amianto da nossa escola e de todas as outras que ainda contêm este material tão perigoso para a saúde de alunos, professores e funcionários”. 

Já o vereador da Educação da Câmara Municipal de Loures, Gonçalo Caroço, garante que o Município “está atento à situação e a intervir nas escolas sobre sua responsabilidade”, e que “continua à espera do Ministério da Educação para que se avance como medidas mais concretas há muito exigidas”, pela comunidade escolar do concelho. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *