Escolas vão deixar de servir refeições ‘takeaway’

A partir de hoje e até sexta-feira arranca o ano letivo, e esmagadora maioria das escolas vai deixar de servir refeições takeaway, medida que foi implementada o ano passado para evitar o risco de contágio da covid-19, mas teve avaliação negativa e acabou por ser abandonada.

Segundo a Associação Nacional de Dirigentes Escolares, “esse serviço não resultou porque os alunos juntavam-se em cantos a socializar com as caixas dos almoços”, defendendo, por isso, que “é preferível ter os alunos nas cantinas, onde as regras são cumpridas”.

Outra medida que mereceu avaliação negativa dos diretores foi o desfasamento dos horários, que referem que “as entradas constantes causavam imenso burburinho nos corredores e perturbavam as aulas”, justificando ainda que “a estrutura de muitas escolas já permitia a separação, nos intervalos entre alunos mais velhos e mais novos e que a medida não se revelou eficaz” …

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *