Instrução do processo ‘legionella’ de V.F. de Xira, em 2014, arranca a 20 de Novembro em Loures

A fase de instrução do processo do surto de ‘legionella’ de Vila Franca de Xira, em 2014, arranca em 20 de Novembro em Loures, com a inquirição do então delegado de Saúde Regional de Lisboa e Vale do Tejo.
A instrução – fase facultativa em que se decide se o processo segue e em que termos para julgamento – prossegue 3 dias depois, com a inquirição de uma 2.ª testemunha.
A abertura de instrução foi requerida pela Adubos de Portugal, pela SUEZ II e por mais 7 quadros destas empresas, e ainda pelo Município de Vila Franca de Xira e por 53 pessoas, 49 das quais afetadas pelo surto, mas que não constam como vítimas na acusação do Ministério Público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *