Mafra recusa as competências a transferir do Estado em 14 áreas

O Município de Mafra recusa as competências a transferir do Estado em 14 áreas, para 2020, já que considera não dispor de “informações suficientes para decidir de forma ponderada, consciente e fundamentada”.
A autarquia alega que, caso aceitasse tais competências, corria o risco de “colocar em crise a prossecução das suas atuais atribuições e o exercício das suas competências”.
A rejeição, no próximo ano, abrange áreas tão distintas como a das praias, jogos de fortuna e azar, saúde, vias de comunicação, habitação ou fundos europeus, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *