Medidas propostas para minimizar o impacte ambiental geram surpresa e apreensão

A ANA Aeroportos de Portugal diz que vê com “surpresa e apreensão” algumas das medidas propostas para minimizar o impacte ambiental do futuro aeroporto do Montijo, que recebeu decisão favorável, mas condicionada, da Agência Portuguesa do Ambiente.
A empresa avança ainda que irá analisar “a exequibilidade, equilíbrio e benefício ambiental dessas medidas, bem como as suas implicações, tendo por base os pressupostos acordados para o projeto”.
A Agência do Ambiente emitiu na 4ª feira a proposta de Declaração de Impacte Ambiental relativa ao aeroporto do Montijo e respetivas acessibilidades, que inclui um pacote de medidas de minimização e compensação ambiental que ascende a 48 milhões de euros, e entre as principais preocupações ambientais estão a avifauna, õ ruído e a mobilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *