Morreu Carlos do Carmo

O fadista Carlos do Carmo morreu hoje de manhã, aos 81 anos, no hospital de Santa Maria, em Lisboa,  onde tinha dado entrada ontem com um aneurisma.

Nascido em Lisboa, em 21 de dezembro de 1939, Carlos do Carmo despediu-se dos palcos em 2019.

Filho da fadista Lucília do Carmo (1919-1998), “uma das vozes mais marcantes” do fado no século XX, segundo a mesma fonte, Carlos do Carmo cresceu num ambiente fadista. Desde 1947 que sua mãe era proprietária da casa de fados Adega da Lucília, no Bairro Alto, em Lisboa, atual Arcadas do Faia, que passou a ser gerida por Carlos do Carmo em 1962.

A vocação musical despertou, porém, em 1963, quando gravou um fado da sua mãe, “Loucura”, num disco do Quarteto de Mário Simões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *