Portugal ultrapassa as 6000 mortes devido à covid-19

Portugal atingiu hoje 6.063 mortes relacionadas com a covid-19, depois de registar nas últimas 24 horas 86 óbitos e 3.835 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico da DGS mostra que estão internadas 2.973 pessoas, menos 88 do que na sexta-feira, das quais 485 em cuidados intensivos, mais uma. Desde 15 de novembro, o número de internamentos não estava abaixo dos 3.000 (2.929).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 370.787 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 69.910, menos 375 em relação a sexta-feira.

As autoridades de saúde têm em vigilância 79.503 contactos, mais 2.071 relativamente a sexta-feira.

O boletim revela ainda que 4.124 casos foram dados como recuperados. Desde o início da epidemia em Portugal, em março, já recuperaram 294.814 pessoas.

Relativamente às 86 mortes registadas nas últimas 24 horas, 43 ocorreram na região Norte, 29 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 10 no Centro, duas no Alentejo, uma no Algarve e uma na Região Autónoma da Madeira.

Segundo o boletim da DGS, a região Norte foi a que registou o maior número de novas infeções por SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas (1.489).

Desde o início da pandemia a região Norte registou 192.547 casos e 2.873 mortes.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas 1.169 novas infeções, contabilizando-se até agora 119.745 casos e 2.091 mortes.

Na região Centro registaram-se mais 796 casos, acumulando um total de 40.348 infeções e 845 mortos.

Já no Alentejo, foram assinalados mais 256 casos, totalizando 8.862 infeções e 162 mortos desde que começou a epidemia em Portugal.

A região do Algarve tem hoje notificados 68 novos casos, somando 6.526 infeções e 63 mortos.

A Madeira registou 36 novos casos. Desde março, esta região autónoma contabiliza 1.208 infeções e oito mortes.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 21 novos casos nas últimas 24 horas, somando 1.551 infeções detetadas e 21 mortos.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 166.610 homens e 204.041 mulheres, sublinham os dados da DGS, sendo que há 136 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que estes dados não são fornecidos de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 3.157 eram homens e 2.906 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nas pessoas com mais de 80 anos, seguido das pessoas entre os 70 e os 79 anos.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.675.362 mortos resultantes de mais de 75,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *