Proposta de rendas acessíveis para as freguesias de Benfica e Arroios

A Câmara de Lisboa vai propor até ao final do ano um novo modelo de renda acessível para as freguesias de Benfica e Arroios, que não necessitará do aval do Tribunal de Contas, anunciou a autarquia, que voltou a criticar o referido Tribunal devido ao projeto de renda acessível previsto para a Rua de São Lázaro, e cujo visto prévio recusou em Janeiro. 

Considerando “imprópria” a conduta do Tribunal de Contas, ao não responder nem apresentar alternativas à autarquia, Fernando Medina, revelou que já pediu “ao Governo uma alteração legislativa que clarificasse em definitivo as dúvidas que o tribunal possa ter”. 

O presidente da Câmara de Lisboa reiterou também que “as necessidades de habitação para as classes médias não são compatíveis” com “um pilar exclusivamente público”, e adiantou que as candidaturas às primeiras 120 casas do Programa de Renda Acessível da autarquia, cuja abertura estava prevista para este mês, estarão disponíveis em Dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *