SEF desmantelou rede criminosa de exploração de mulheres estrangeiras

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras desmantelou uma rede criminosa de exploração de mulheres estrangeiras para prostituição no centro de Lisboa. Em comunicado, o SEF indica que a investigação foi desenvolvida durante um ano e culminou com o cumprimento de mandado de busca no local que funcionava como prostíbulo. Duas pessoas que exploravam o local foram constituídas arguidas e indiciadas pela prática dos crimes de lenocínio e auxílio à imigração ilegal.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *