Escolas particulares de ensino especial em Lisboa convocaram uma paralisação para hoje e amanhã

As escolas particulares de ensino especial em Lisboa convocaram uma paralisação para hoje e amanhã, alegando que o Estado lhes deve mais de 500 mil euros.
Segundo a Federação Nacional dos Professores, “os docentes dos colégios de Educação Especial estão a trabalhar sem receber desde Setembro”, sendo esta situação justificada pelas direções dos colégios com o facto de o Ministério da Educação ainda não ter transferido qualquer verba, “como preveem os contratos estabelecidos”…
Também o Sindicato de Todos os Professores dinamiza – ao longo desta semana – uma greve que abrange pessoal docente e não docente.
Em cima da mesa estão reivindicações antigas -contra o amianto e a violência, em defesa de mais docentes, psicólogos, assistentes operacionais e técnicos nas escolas – às quais o STOP acrescenta ainda a luta “contra a municipalização e em defesa de uma gestão democrática nas escolas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *