Novo modelo de renda acessível para as freguesias de Benfica e Arroios

O Município de Lisboa promete avançar, até ao final do ano, com um novo modelo de renda acessível para as freguesias de Benfica e Arroios, que não necessitará do aval do Tribunal de Contas, que foi alvo de críticas da autarquia devido ao projeto de renda acessível previsto para a Rua de São Lázaro, e cujo visto prévio o Tribunal recusou em Janeiro.
Considerando “imprópria” a conduta do Tribunal de Contas, por não apresentar alternativas à autarquia, Fernando Medina, revelou que já pediu “ao Governo alteração à lei que clarificasse as dúvidas do Tribunal”.
O presidente da Câmara de Lisboa defendeu também que “as necessidades de habitação para as classes médias não são compatíveis com um pilar exclusivamente público”, adiantando que as candidaturas às primeiras 120 casas do Programa de Renda Acessível da autarquia estarão disponíveis ainda este mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *